Vamos colocar a Floresta na frente dos bois.

Plus
  • CLIENTE Greenpeace
  • EXPERTISE Naming, logotipo, identidade visual, ilustração, motion graphics, design editorial, webdesign
  • ANO 2015
  • NAMING Teo Garfunkel
  • DIREÇÃO DE DESIGN Gabriela Namie
  • DIREÇÃO DE ILUSTRAÇÃO Jun Ioneda
  • DESIGN EDITORIAL Gabriela Namie
  • WEBDESIGN Jun Ioneda
  • LETTERING CARVÃO Igor Sturion
  • MOTION DESIGNER João Veloso
  • PROGRAMAÇÃO Indice

CONTEXTO
Criação de gado é a atividade mais prejudicial à Floresta Amazônica. Ela ocupa mais de 60% das áreas desmatadas da região. Para combater o desmatamento e outros crimes socioambientais, todas as organizações ligadas à cadeia de custódia devem adotar as políticas de Desmatamento Zero, propostas pelo Greenpeace Brasil, contribuindo também para o fim do trabalho escravo e invasão de áreas indígenas.

SOLUÇÃO
O Greenpeace notou que os supermercados poderiam liderar este processo, cobrando compromisso de seus fornecedores. Para alertar pessoas e empresas sobre isso, a abordagem verbal e visual da campanha foi diferente do que o Greenpeace costuma fazer. Aproximando do público urbano, o naming brinca com o nome de um prato comum, e a linguagem visual estabelece diálogo com o público do principal supermercado-alvo.

RESULTADO
Um mês após o lançamento, o principal supermercado-alvo da campanha aderiu ao compromisso de não comprar carnes de áreas de desmatamento. Alguns meses depois, todos os principais supermercados brasileiros aderiram as boas práticas. Nosso trabalho estava feito (;